CARREGANDO

Busque Aqui

Curiosidades

Joias e semijoia: entenda a diferença

Compartilhar
joias-e-semijoia-entenda-a-diferenca

Os acessórios ajudam a compor visuais mais bonitos e interessantes. Ao escolher as peças, é importante valorizar a qualidade, já que isso interfere no look. Entre as possibilidades disponíveis, há joias e semijoia — e que são melhores que bijuterias tradicionais.

No entanto, muita gente tem dúvidas sobre esses itens e como eles se diferenciam. Para não ter dificuldades na hora de fazer uma compra, que tal entender quais são as principais qualidades?

A seguir, veja quais são as maiores diferenças entre joias e semijoia e saiba qual tipo adquirir!

Quais são as características das joias?

O principal fundamento de uma joia é a sua composição: ela é feita totalmente com metais nobres e pedras preciosas. Ouro, prata, diamante, rubi e esmeralda são apenas alguns elementos presentes em itens desse tipo.

Elas são consideradas peças de alto padrão por causa disso, o que também justifica o valor elevado. A proposta é de oferecer um nível bem maior de qualidade que o apresentado em uma bijuteria, por exemplo.

E quais são as distinções das semijoias?

Já as semijoias apresentam uma pequena variação em relação aos “ingredientes” de fabricação. Elas são feitas a partir de uma base de latão e podem adicionar outros componentes, como o níquel e o cobre. O destaque fica por conta do acabamento, que é feito com materiais nobres, como o ouro.

Além disso, há opções criadas com ligas de prata e que oferecem um nível ainda maior de qualidade. O acabamento é muito brilhante, tem boa resistência e garante uma composição bem bonita. Nos detalhes, há pedras semipreciosas ou do tipo fusion, que são “misturadas” feitas com materiais nobres.

Quais são as maiores diferenças entre joias e semijoias?

Até aqui, você já conheceu os principais aspectos sobre a composição de joias e semijoia. No entanto, há outras distinções que também merecem a sua atenção na hora da compra. O preço é um desses pontos. Em geral, as semijoias oferecem um custo-benefício muito melhor e são mais acessíveis.

Além disso, é simples combinar as semijoias e até seguir as tendências. Como o preço é mais em conta, é possível adquirir diversas peças, de acordo com as suas preferências e com o visual. Inclusive, elas podem ser utilizadas no cotidiano, em várias situações.

No entanto, o que apresenta pouca (ou nenhuma) diferença entre joias e semijoia é a aparência. Como elas têm um acabamento bem parecido, o aspecto até se confunde. Ou seja: é possível comprar uma semijoia e conseguir praticamente o aspecto de uma joia — desde que ela seja de alta qualidade.

A durabilidade entre elas também são semelhantes. Mesmo que seja feita com outros materiais, a semijoia dura bastante e muito mais que uma bijuteria. Dessa forma, é um excelente investimento para criar belos looks.

As diferenças entre joias e semijoia têm foco nos materiais utilizados, mas não tanto no visual. Por isso, é possível comprar semijoias de qualidade e conseguir um look diferenciado com essas peças.

Quer outras dicas para criar composições incríveis? Curta nossa página no Facebook e nos siga no Instagram para ter mais inspirações!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *